5 avanços na medicina que todo médico deveria conhecer!

Os avanços na medicina ocorrem a cada dia, hora e minuto. Sendo assim, é comum ficar um pouco desinformado.

Hoje vamos falar a respeito de alguns avanços que todo médico deveria conhecer, uma vez que poderão impactar diretamente o seu futuro.

Hoje vamos citar:

5 avanços na medicina que todo médico deveria conhecer!

Vamos lá?

1. Impressão de órgãos, próteses, implantes e medicamentos nos avanços na medicina

Você talvez já conheça ou já tenha ouvido falar sobre a impressão 3D, mas sabe como ela é aplicada na medicina?

Entre os avanços na medicina, essa é a que está trazendo mais resultados a curto e também a longo prazo, como você poderá ver a seguir:

Impressão de órgãos

Entre os principais problemas na área de saúde, estão as filas para transplantes de órgãos, tanto no sistema público quanto privado.

Além das longas filas de esperas, também há sempre o risco de rejeição e de doadores incompatíveis.

No entanto, com esse avanço na medicina, atualmente é possível imprimir órgãos com base em um misto de células-tronco vivas, que são colocadas nos equipamentos das impressoras para que seja possível a reprodução.

Essas células-tronco vivas são misturadas com fragmentos do órgão que deve ser reconstruído e colocadas em uma forma de vidro.

Essa forma de vidro já têm o formato do tecido desejado, sendo esses tecidos construídos biologicamente, de modo que os novos órgãos possam ser gerados.

Com essa tecnologia, os órgãos podem ser impressos e transplantados no paciente, sem NENHUM risco de rejeição e/ou de compatibilidade, uma vez que os órgãos são feitos com base nas células da própria pessoa.

Entre os modelos já criados, há o pâncreas artificial, que foi criado pela empresa Medtronic MiniMed.

O pâncreas já foi até mesmo aprovado pela entidade que regula dispositivos médicos nos Estados Unidos, a FDA (US Food and Drug Administration).

Esse órgão possui monitor de glicose automatizado e bomba de insulina, sendo uma esperança para pessoas com o diabetes tipo 1.

Além disso, há diversos outros órgãos que estão sendo criados para ajudar o máximo de pessoas, o mais breve possível.

Mas essa não é a única impressão disponível:

Próteses e implantes

A impressão 3D já é muito utilizada em consultórios odontológicos, para a impressão de coroas.

Entretanto, além disso, também há diversas outras possibilidades sendo criadas e aprimoradas diariamente.

Entre essas possibilidades, está a de uma pessoa amputada que pode substituir um membro, com um ótimo custo benefício.

Além disso, o paciente tem suas medidas tiradas e há zero chances de incompatibilidade, sendo também mais simples e rápido construir um aparelho totalmente adaptado a necessidade do paciente.

De acordo com a matéria do G1, as próteses mecânicas de membros superiores podem custar entre R$7 a R$9 mil, o que é um custo muito elevado.

Já com o uso da impressora, o custo é significativamente menor, ficando por cerca de R$1 mil.

Os custos de reposição de partes de próteses também são considerados altos, sendo uma outra vantagem para quem opta pela impressão 3D.

O custo para reposição é baixo, além de ser realizado de forma rápida, em casos onde é necessário somente ajustes.

Impressão de medicamentos

Atualmente, com a impressão em 3D, os laboratórios farmacêuticos conseguem determinar dosagens e princípios ativos, eliminando chances de erro comuns.

Esses erros são comuns devido as dosagens não serem exatas, sendo que ao fim do tratamento, o paciente não consegue o sucesso ao ponto de curar uma doença.

Com os avanços na medicina, os medicamentos são feitos de acordo com a prescrição, com todas dosagens indicadas.

Esse método é feito de maneira rápida e prática, reduzindo custos e também margens para erros, além de atingir uma quantidade maior de pessoas.

2. Realidade virtual e os avanços na medicina

A realidade virtual na área da saúde pode ser utilizada desde tratamento para pacientes até em preparações de profissionais para cirurgias.

Se trata de uma tecnologia que permite a simulação de experiências utilizando óculos especiais e que pode ser aplicado nos mais diversos casos.

Em tratamentos, como o Alzhaimer, é possível exercitar a memória e também amenizar sintomas da doença.

Isso é feito através do resgate das memórias do paciente, as sensações que serão provocadas pelas simulações podem ajudar até mais que remédios.

Enquanto isso, no campo de preparações de profissionais para cirurgia, é possível auxiliar os médicos na eficácia dos procedimentos mesmo antes da cirurgia em si.

Simulando uma cirurgia, os médicos podem identificar problemas que podem ocorrer e também ver as melhores formas de realizar a cirurgia, de maneira menos invasiva.

Por fim, a realidade virtual também é aplicada em cursos e treinamentos de profissionais, sendo possível ver o comportamento dos órgãos humanos, as bactérias e tudo que se diz respeito ao campo da saúde que estudamos.

3. Médico-robô é um dos grandes avanços na medicina moderna chinesa

Você já ouviu sobre o médico-robô? Ele foi criado em 2016, e trata pacientes em um ambulatório na china.

O médico-robô é uma criação da inteligência artificial criada pela empresa chinesa iFlytek, sendo um doutor assistente de aspecto humanoide.

Ou seja, ele conta com um aspecto humano, com olhos grandes e azuis, além de um sorriso largo.

O sistema foi desenvolvido pela empresa chinesa a fim de realizar o diagnóstico e conduta dos pacientes.

Atualmente, ele é capaz de:

  • diagnosticar pacientes;
  • dar receitas médicas de acordo com os sintomas do paciente;
  • lembrar diagnósticos e receitas de outros profissionais da saúde que trabalham no ambulatório.

Isso pode ser feito por conta dos diagnósticos anteriores por médicos humanos, e em fase inicial, é preciso a confirmação de um médico não robô a fim de evitar intercorrência no processo do atendimento médico.

Aliás, ele também foi o primeiro médico-robô a alcançar a licença para atuar na área médica, passando por todos os exames necessários para a aprovação da sua eficácia, assim como humanos.

Há outros médicos-robôs que estão fazendo parte dos avanços na medicina e que em seguida contarão com ainda mais habilidades.

4. Telemedicina

A telemedicina é com toda a certeza um dos maiores avanços na medicina, e apesar de não ser uma tecnologia como de robôs, ela impacta diretamente na vida de diversos profissionais.

Além disso, esse avanço pode cuidar e firmar a relação entre o profissional da saúde e o paciente.

Com ela, é possível realizar:

  • a prevenção;
  • o diagnóstico;
  • o tratamento;
  • e o monitoramento de doenças.

Ela é considerada um dos avanços na medicina por ser acessível a qualquer hora e também em qualquer lugar, uma vez que é tudo à distância.

No Brasil, a telemedicina é regulamentada para laudos médicos a distância, através de plataformas voltadas a telemedicina.

Também é possível realizar teleconsulta, caso haja um profissional de saúde com o paciente, e outro profissional na outra ponta.

Esse caso é comum para uma segunda opinião médica ou até mesmo para consultar um especialista no caso.

Também há a possibilidade do home care, onde o técnico de enfermagem pode realizar o exame necessário na casa do paciente, onde é possível armazenar o respectivo exame e o seu compartilhamento em uma plataforma.

Já na plataforma, um especialista realiza o laudo médico ao paciente, que poderá consultar com um doutor e mostrar os resultados.

Essas plataformas trabalham com a nuvem, ou seja, os dados e exames são armazenados de forma online, sendo necessário que o profissional da saúde tenha acesso a internet, além de login e senha.

Entre os principais benefícios está a democratização no acesso à saúde, pois há regiões com má-distribuição de serviços de saúde.

Por fim, também há uma significativa diminuição na superlotação nos estabelecimentos de saúde, o que também traz redução de custos e otimização do tempo ao profissional de saúde.

5. Inteligência artificial

A inteligência artificial na área da saúde ajuda no diagnóstico e também no desenvolvimento de novos medicamentos.

Com ela, é possível que médicos e outros profissionais da área possam esclarecer suas dúvidas, da maneira objetiva e certeira, aumentando a precisão dos diagnósticos enquanto otimiza o armazenamento de dados (pois as informações ficam na nuvem).

Todos esses benefícios também geram uma base de dados que é capaz de desenvolver prontuários eletrônicos mais inteligentes e ágeis.

Com técnicas de machine learning é possível selecionar perfis de pessoas que tem mais probabilidade a adquirir uma doença e todos os cálculos realizados por essa inteligência artificial podendo ser aliados ao big date e conceitos científicos.

Como resultado, através dessas tecnologias combinadas, é possível detectar anomalias e patologias.

A Inteligência Artificial está sendo aprimorada a cada ano, sendo um dos grandes avanços na medicina devido a segurança das informações do paciente e a acuracidade dos algoritmos que são utilizados.

Além de toda a ajuda no diagnóstico, também é possível reduzir os custos no setor da saúde, pois as visitas do paciente ao estabelecimento de saúde diminuem.

Acompanhe os avanços na medicina

Há diversos outros avanços na medicina que são aprimorados ou criados diariamente na área da saúde.

Acompanhe esses avanços para descobrir tudo o que será capaz de ser realizado em alguns anos e ficar informado de todas novas tecnologias!

Recentes

Regras para consultório compartilhado: 4 itens para não deixar passar!

Você conhece as regras para consultório compartilhado? O consultório compartilhado pode ser uma...

Quanto custa abrir um consultório odontológico no Brasil?

A prática odontológica é um compromisso organizacional e econômico. O dentista é o seu próprio empregador e isso traz duplo fardo, responsabilidade...

Prontuário do paciente: você está fazendo da maneira certa?

O prontuário do paciente é um dos principais documentos para guiar o trabalho médico e orientar os próximos passos do tratamento indicado...

Relacionados

Regras para consultório compartilhado: 4 itens para não deixar passar!

Você conhece as regras para consultório compartilhado? O consultório compartilhado pode ser uma...

Quanto custa abrir um consultório odontológico no Brasil?

A prática odontológica é um compromisso organizacional e econômico. O dentista é o seu próprio empregador e isso traz duplo fardo, responsabilidade...

Prontuário do paciente: você está fazendo da maneira certa?

O prontuário do paciente é um dos principais documentos para guiar o trabalho médico e orientar os próximos passos do tratamento indicado...

Porque fidelizar clientes sai mais barato que conquistar novos?

Criar um relacionamento duradouro com seus clientes traz muitos benefícios para sua empresa. Em um contexto marcado por acirrada competição e volatilidade...